Lasanha pra ninguém botar defeito. Tim-tim por Tim-tim.

Siga a receita. Sucesso garantido.

Postei no Facebook a foto desta lasanha que fiz e mais de 50 pessoas me pediram a receita. É um post enorme porque explico, tim-tim por tim-tim, como qualquer pessoa pode fazer. Não tem erro.

Ingredientes:

Molho de tomate – quatro quilos de tomate bem maduros (uso o caipira, compridinho), três talos de salsão, três cebolas raladas, três dentes de alho ralados, uma cenoura cortada em moedas, manteiga (dois terços de uma embalagem de 200 gramas), seis lâminas de bacon fatiado.

Carne de panela – 1,5 Kg de ponta de peito (limpa dá pouco mais de um quilo, cortada em cubos de 5 por 5 centímetros, mais ou menos), duas cebolas raladas, três dentes de alho ralados também, temperos (sal com alho, um ramo de tomilho, outro de alecrim frescos, pimenta do reino moída na hora a gosto, meio copo de vinho branco seco, um fio de azeite extra-virgem).

Molho branco – dois quintos da manteiga do tablete restante, três colheres bem cheias de farinha de trigo, duas cebolas raladas, um copo de catupiry (ou requeijão), 250 gramas de provolone ralado, 250 gramas de parmesão ralado, um punhadinho de gorgonzola (se você gostar bastante, coloque mais um pouco, mas o sabor fica bem ativo), um copo de creme de leite fresco, 1 litro de leite, 500 gramas de mussarela fatiada, noz moscada ralada.

Massa – comprei pronta, pré-cozida, bem fininha. O mais importante é que seja bem fininha.

Como fazer

Molho Vermelho – Limpe bem a ponta de peito, retirando quase toda a gordura. Pela ordem, esfregue o fio de azeito extra-virgem em todos os pedaços de carne. Moa a pimenta do reino sobre a carne a gosto, salgue com alho e sal, polvilhe com as folhas de tomilho e alecrim frescos, despeje o vinho, coloque em um saco plástico e dê uma boa sacudida. Deixa na geladeira no mínimo três horas (o ideal é fazer isso na véspera).

Lave bem os tomates, corte em quatro. Reserve. Coloque dois terços do pacote de manteiga em uma panela grande e um fiozinho de azeite, para a manteiga não queimar. Quando estiver bem quente, acrescente a cebola ralada. Quando a cebola tiver transparente, acrescente o alho, o bacon e os três talos de salsão, picados em anéis na largura de um dedo. Frite bem. Retire o bacon quando estiver dourado. Reserve. Coloque os tomates na panela. Mexa bem e tampe a panela, para que os sabores se misturem. Ponha uma chaleira de água para ferver. Cada 15 minutos abra a panela e veja se precisa colocar mais água fervendo. Faço isso várias vezes. Cozinhe durante três horas e cada 15 minutos, tire a espuma de gordura que vai aparecendo.

Enquanto o molho de tomate fica apurando, ponha um fio de azeite extra-virgem em outra panela. Quando estiver bem quente, frite duas cebolas raladas, acrescente os três dentes de alho ralados e frite o tempero, como fez no molho de tomate. Acrescente a carne aos poucos e vá fritando. Não se importe se pegar um pouco no fundo. Passe a vinha d’alhos em uma peneira e jogue o líquido sobre a carne na panela e continue fritando, quase até secar. Daí mexa bem, acrescente água fervente e tampe. Fogo baixo. De 15 em 15 minutos dê uma olhada e mexa, para não pegar no fundo.Vá acrescentando água fervendo, tampando sempre a panela até que a carne esteja bem macia, quase desmanchando. Isso pode demorar até três horas, em fogo baixo. Se preferir fazer na panela de pressão, sem problemas.

Junte a carne ao molho de tomate e ferva por mais 30 minutos. Passe tudo o que tem na panela no processador, bem batidinho. Vai virar um molho bem espesso. Acerte o sal (pra menos), a pimenta do reino e reserve.

Molho branco – Enquanto o tomate e a carne cozinham, faça o molho branco. Frite os temperos nos dois quintos do pacote de manteiga que não usou. Acrescente as três colheres cheias de farinha de trigo e mexa sem parar. Deixe cozinhar bem a mistura. Quando a gororoba que se forma começar a escurecer, comece a colocar o leite. Aí é ficar mexendo sem parar. Endureceu, mais leite. Quando a mistura parecer homogênea e estiver fervendo, coloque o creme de leite fresco, o catupiry, 200 gramas de provolone ralado, o punhadinho de gorgonzola e mais 200 gramas de parmesão. O ideal é mexer com fuê, para deixar o molho bem lisinho. Empelotou? Passe no processador. Rale um pouco de noz moscada sobre o molho, mexa, e reserve.

Montagem

Num pirex de borda bem alta, forre o fundo com molho de tomates. Distribua a massa até cobrir toda a superfície. Outra camada de molho de tomate, mussarela, massa de novo. Molho branco, mussarela e massa de novo. Faça isso até a penúltima camada. Para finalizar, massa, molho branco, mussarela e despeje sobre tudo as 50 gramas que guardou do provolone e as 50 gramas de parmesão. Forno médio, 10 minutos, forno forte mais 15 minutos. Veja se está borbulhando e se gratinou. Não? Aí fique de olho.

Para evitar queimar o fundo, coloque o pirex em uma assadeira com um pouco de água. Vai umedecer o forno e evitar queimar a primeira camada da lasanha, no fundo do pirex.

Fazendo assim, não tem erro. Pode convidar quem quiser, até seis pessoas. Ou mais. Bom apetite.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: