Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.


Vamos ver se vocês entendem.

Alguém denuncia que a Prefeitura não publicou mais de 70 decretos, tirando uma verba daqui, jogando para lá, aditando um contrato aqui (aditar, no caso, quer dizer, dar uma esticadinha no preço combinado, dentro da lei), outro contrato ali… Precisa publicar isso. É obrigatório. Publicou? Apareceram as publicações, nas versões B, C e D dos jornais oficiais.

Mais ou menos como acabar o Jornal Nacional da Globo, começar a novela e, no intervalo, aparecer uma vinheta: “No ar, o Jornal Nacional B “. Dar uma notícia e voltar para o intervalo. E volta para a novela. No outro intervalo, “No ar, o Jornal Nacional C “. Já viram isso? Nem eu. Mas vamos em frente.

Bom, na Câmara três vereadores (Frederico, Kakai e Segura) quiseram investigar a história dos decretos. O Tito Coló disse que entraria na parada e, com sua assinatura, a investigação estaria resolvida, porque para começar a investigação eram precisos quatro votos. Mas o Tito mudou de idéia. E os outros sete… bem, os outros sete fizeram cara de paisagem.

Mas já que o forno estava quente e a massa pronta, foi só espalhar o molho de tomate, jogar a mussarela por cima, rodelas de tomate, algumas azeitonas, pimenta ardida e saiu mais uma pizza da Pizzaria Camuja, que, infelizmente, não tem serviço de entrega porque só trabalha às segundas. Como o dia é muito puxado na casa, resolveu-se que é melhor não assumir compromissos para não deixar a população esperando receber alguma coisa que não vem mesmo.

Na semana seguinte, o “Fantástico” soltou aquela bomba da máfia das multas e radares.

E parte da turma que faz cara de paisagem decidiu, segundo o “Comércio“, que o contrato com a Consladel – aquela empresa generosa, que colabora dentro da lei com as campanhas de candidatos a prefeito,  e tem a sorte de vencer algumas licitações nas cidades onde contribuiu desinteressadamente – precisa ser investigado.

Perguntinhas básicas:

1 – Por que a turma da cara de paisagem não teve interesse em investigar os chamados atos secretos até para provar que nosso prefeito não tem nada a esconder?

2 – Por que,  na semana seguinte, a turma de cara de paisagem está ecarnando o espírito de Robin Hood, e tende a investigar a generosa empresa que foi acusada pela Rede Globo de sumir com multas e, digamos assim, mostrou-se absolutamente parceira de quem colabora com ela?

3 – Hobin Hood tirava dos ricos para dar aos pobres.

4 – A Consladel colabora com campanhas políticas, legalmente, e depois dá sorte, e ou coincidentemente, e vence licitações nas prefeituras comandadas por prefeitos que receberam colaborações legais dela.

Uma coisa tem a ver com a outra? Ou uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa?

Tomara que tenham entendido.

Eu não entendi. Se é que me entendem.

Nem eu, nem o Ministério Público, que está investigando o contrato.

Para mim, essa mudança de comportamento da turma da cara de paisagem é absolutamente FANTÁSTICA !!!

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: